grupos fechados do facebook

Grupos fechados do Facebook: Por que você não deve ignorá-los?

grupos fechados do facebook

O Facebook não se limita a uma Fanpage! Muitas marcas acreditam que a capacidade da mídia social se restringe a um perfil e que a única forma de vender, ganhar visibilidade e atrair seguidores é impulsionando posts e divulgando produtos e serviços em uma página corporativa.

A plataforma de Mark Zuckerberg tem potencial para muito mais. Uma estratégia pouco explorada pelas companhias é a utilização de grupos fechados do Facebook. Eles funcionam como uma espécie de comunidade e podem fazer a diferença na hora de estabelecer um diálogo com os clientes.

A tática permite a categorização de fãs e é ideal para criar fóruns de discussão sobre determinados nichos, divulgar produtos e serviços segmentados e aumentar o engajamento com os consumidores.

Se um perfil no Facebook já proporciona uma visão ampla do comportamento dos usuários, nos espaços fechados é possível atingir um perfil de seguidores mais específico e, de quebra, colher informações valiosas, como por exemplo, a visão do internauta sobre a sua área de atuação e quais assuntos chamam mais a atenção das pessoas dentro da sua especialidade.

No Facebook é permitido criar e participar de diversos grupos com temas variados, como, por exemplo, fãs de atletas, entusiastas de uma modalidade esportiva, empreendedores, profissionais de diversas áreas, questões familiares, fãs de filmes, entre outros.

A seguir, veja porque você deve incluir os círculos fechados no seu planejamento de marketing digital!

4 vantagens de utilizar grupos fechados do Facebook

grupos fechados do facebook

O Facebook permite a criação de três tipos de grupos, são eles:

  • Público: Aberto, onde qualquer pessoa pode entrar e convidar membros;
  • Fechado: Qualquer internauta pode pedir para participar ou ser adicionado, mas precisa da aprovação dos mediadores;
  • Secreto: Para participar é preciso ser adicionado ou convidado por um membro.

As comunidades podem ser formadas por qualquer pessoa dentro dessas três configurações. Basta dar um nome, enviar os convites e definir a privacidade. Veja como a estratégia pode te ajudar a atrair e manter clientes:

1 – Faça parte de grupos já existentes sobre o seu ramo de atuação;

Vamos supor que que a sua empresa fabrique utensílios infantis. Neste caso, o seu principal público-alvo são pais e mães. Na rede social existem diversos grupos formados por mães e tentantes, que dividem com as participantes dúvidas, novidades e situações do dia a dia.

Ao fazer parte deste círculo você perceberá quais são os assuntos que mais interessam, como a maioria se comporta e quais são os principais anseios e dificuldades. Essas informações podem render insights e direcionar o seu conteúdo e promoções.

Para que uma comunidade seja ativa e tenha uma quantidade de participantes considerável leva algum tempo. E as associações já formadas podem ajudar na implementação da sua estratégia e até servirem como um meio de divulgação para a sua plataforma.

2 –  Crie um grupo de suporte para a sua marca;

As mídias sociais proporcionam inúmeras vantagens para o mercado corporativo, mas também viram uma espécie de SAC, onde os usuários expõe o que acham de bom e ruim da sua marca.

Então, por que não centralizar esses assuntos?

Além de dividir possíveis problemas e opiniões sobre a sua empresa, os usuários podem tirar dúvidas e você pode aproveitar o espaço segmentado para compartilhar manuais de utilização e treinamentos, conforme o seu setor.

Nesse caso, é fundamental que o mediador da página crie diretrizes e participe ativamente, tanto nas respostas das mensagens, quanto na criação de tópicos.

grupos fechados do facebook

3 – Utilize a estratégia para divulgar produtos e promoções;

Uma das táticas que mais funcionam nas comunidades, dependendo do segmento, são os grupos voltados para promoções e descontos.

Muitas marcas aproveitam o espaço para divulgar melhorias de serviços e produtos, apresentar possíveis ofertas e distribuir cupons de descontos. Você também pode convidar os participantes para eventos exclusivos e engajar com os consumidores que já consumiram algo da sua marca.

4- Crie grupos secretos para um público Vip.

Se a sua ideia é fazer com que os seus clientes se sintam especiais, você pode criar grupos secretos. O espaço também pode ser eficaz para negócios que tratam de assuntos mais polêmicos e, até mesmo, consultorias.

As comunidades deste modelo também podem servir para atender apenas pessoas que já são clientes da sua empresa. Assim, é possível criar campanhas e ações específicas.

Ao contrário dos grupos fechados e públicos, na configuração secreta apenas os participantes têm acesso aos outros componentes, os amigos não conseguem visualizar quando uma ligação participa de uma associação neste formato.

Assim, os participantes não precisam se preocupar se as suas atualizações aparecerão ou não no feed de notícias dos seus amigos. Dependendo do assunto, muitas pessoas preferem manter uma certa privacidade, por isso, optam por participar de fóruns e espaços fechados.

Independente da finalidade, é fundamental fazer uma descrição coesa da sua comunidade e encorajar todos os participantes a interagirem e compartilharem as suas dúvidas. Afinal, este espaço, apesar de servir para as vendas, tem como principal premissa o diálogo!

E a sua empresa? Já utiliza os grupos secretos do Facebook para incrementar a estratégia de marketing digital? Se você ainda apresenta dúvidas sobre o assunto entre em contato conosco e continue acompanhando as dicas e novidades do nosso blog!

button (13)

 



Share article on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *