Como-fazer-planejamento-para-as-midias-sociais_2

Como fazer um planejamento de mídias sociais?

O planejamento de mídias sociais tem um papel delicado, pois a entrada nas plataformas tem o objetivo de posicionar e, muitas vezes, reposicionar as empresas nas redes de relacionamento. Afinal, o caminho do sucesso é ir aonde o cliente está.

Planejamento de mídias sociais

Elaborar um plano de ação pode ser cansativo e entediante, mas quando se trata de marketing digital e mídias sociais é uma tarefa fundamental. É neste momento que são definidas as melhores ações, o tipo de conteúdo a ser compartilhado, as ferramentas usadas e qual será o comportamento da marca no engajamento com os usuários.

Ao se conectar com os fãs e seguidores, a marca deve se preocupar, não apenas com o conteúdo direcionado para atingir a audiência, mas também com a postura que adotará ao interagir com os usuários, pois ela será uma das grandes responsáveis pela visão dos consumidores sobre a companhia.

Essa comunicação atrelada a diversas ações promocionais podem alavancar as vendas, conquistar clientes fiéis e, ainda, melhorar a imagem da corporação.

Não podemos esquecer que os consumidores nas mídias sociais não são apenas internautas, eles são formadores de opinião. E a relação da sua marca com essa fatia do mercado pode ser crucial não apenas para a sua reputação, mas também para a saúde do seu negócio.

Ou seja, planejamento e gestão de conteúdo são fundamentais para que a sua presença digital traga bons frutos.

Para te ajudar nessa empreitada, separamos algumas dicas de como montar um plano de ação eficaz, acompanhe:

10 passos para criar um planejamento de mídias sociais eficaz

Planejamento para mídias sociais

1 – Análise de público-alvo

O primeiro passo para desenvolver um excelente plano de ações é saber com quem fala. Afinal, o objetivo é impactar e dialogar com contatos que tenham potencial para virar um cliente, não é mesmo?

No nosso blog já compartilhamos alguns textos que mostram como identificar o público-alvo. Então, se você ainda tem dúvidas de como fazer isso, basta clicar aqui!

2 – Monitorar antes de entrar nos canais de relacionamento 

Você pode achar estranho, mas observar o que as pessoas dizem sobre o seu ramo de atuação e como se comportam em relação a ele é extremamente importante para elaborar uma estratégia assertiva. Além dos insights, você pode antecipar tendências e até melhorar o seus serviços.

A dica é entrar em grupos fechados de discussões da sua área e recolher o maior número de informações possíveis antes de começar a traçar os seus objetivos.

3 – Definição de metas 

Aqui são definidas as metas que a empresa almeja com a presença nas redes. Também é o momento em que se deve mapear o atual cenário da marca e dos concorrentes nessas plataformas.

Procure estipular um período para atingir os seus objetivos, pois o fator tempo é uma métrica essencial para quem deseja atingir metas.

4 – Escolha de plataformas 

Estar em todas as mídias sociais não é sinônimo de destaque. Na verdade, isso pode te prejudicar e ir de encontro aos seus propósitos. Cada rede tem um perfil e função, assim como as pessoas ativas nessas comunidades. Portanto, analise se realmente vale a pena dedicar os seus esforços em todos os canais.

5 – Identidade Visual 

Depois de definir em quais canais atuará é o momento de desenvolver as capas e avatares. Não fuja do seu padrão estético e obedeça a dimensão das imagens para cada uma das plataformas.

Planejamento para mídias sociais

6 – Tipo de conteúdo 

Depois de otimizar as mídias você precisa definir o tipo de conteúdo que você irá postar. Lembre-se que cada uma das plataformas tem as suas particularidades. Evite postar o mesmo conteúdo que você posta no Facebook, no Instagram e Twitter, por exemplo. Produza materiais que tenham relação com a sua área de atuação e que sejam relevantes para os seus clientes.

7 – Alinhamento com outras ações de marketing digital 

Se você aposta em ações offline e em outras mídias, não esqueça de conectá-las. É importante esse intercâmbio entre as campanhas.

8 – Formato de abordagem

Defina o tipo de linguagem e abordagem que você adotará para se comunicar com o seus seguidores. A dica é personalizar a interação. Lembre-se, apesar de ser um ambiente virtual, é uma relação que envolve pessoas com sentimentos e sensações e não robôs. Uma outra dica é não deixar os seus seguidores sem respostas. Faça isso o mais breve possível.

9 – Orçamento para alavancagem de postagens

Apostar em mídias pagas nas redes sociais é praticamente obrigatório, principalmente se você está começando a sua página do zero. Por meio dos anúncios pagos é possível filtrar o perfil do público que você deseja impactar. Ou seja, é mais fácil de atingir uma audiência realmente qualificada.

10 – Monitoramento de métricas

Jamais ignore os números. Analise quais ações e tipos de postagens mais agradam o público. Não se prenda apenas ao número de curtidas. Comentários e compartilhamentos são mais relevantes quando se trata de engajamento, além de terem muito mais valor.

Se você não se sente seguro para atuar nas mídias sociais, procure uma agência de marketing digital da sua confiança e participe de todo o processo de implementação. Por mais conhecimento que uma empresa especializada de marketing digital tenha, ninguém sabe mais do seu negócio do que você.

Gostou das dicas? Compartilhe o texto e assine a nossa newsletter para continuar recebendo os nossos materiais.

button_visite-o-site-da-actwork

 

 



Share article on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *