Automação de Marketing

Automação de Marketing: O que é e para que serve??

Apesar do nome já ser autoexplicativo, normalmente ainda restam algumas dúvidas quanto ao que se encaixa em Automação de Marketing e o que não se encaixa, e como ele funciona na prática. Por isso, elaboramos um artigo que vai esclarecer o assunto de uma vez por todas.

Automação de Marketing

O Marketing é uma ciência em constante evolução e, devido a dificuldade para lidar manualmente com a quantidade (e variedade) de leads gerados pelas empresa, foi criada a automação de marketing, uma estratégia que facilita em muitos aspectos o relacionamento entre marca e cliente.

O que é Automação de Marketing?

Esse conceito é abrangente que, em sua essência, diz respeito à utilização de ferramentas específicas para automatizar o relacionamento de sua empresa com os leads, a fim de transformá-los em clientes.

Como funciona?

Antes de pensar em aplicar a automação de marketing, é preciso conhecer o perfil, ou melhor, os perfis do seu público. No caso de uma loja que vende eletrônicos, por exemplo, pessoas de diversas idades têm interesse em seus produtos, portanto, não podemos estabelecer apenas um perfil que abranja todo esse público como um todo.

Para resolver esses problemas, são criadas personas, ou seja, perfis que representem os principais tipos de consumidores. Ainda seguindo o exemplo acima, poderíamos criar algumas personas (apenas para ilustrar):

– João: 20 anos; estudante; gamer; busca acessórios, peças e jogos para computador e consoles.

– Taís: 35 anos; formada; antenada; busca qualidade, e não preço; tem interesse principalmente em notebooks, smartphones e acessórios para ambos.

– André: 27 anos; ligado a área de tecnologia; formado; busca novidades do mercado e sabe tudo sobre eletrônicos.

Fazendo isso, podemos traçar uma comunicação que funcione melhor para cada tipo de público. Mas você já imaginou o trabalho que daria mandar, manualmente, um conteúdo que interessasse para cada um, seja uma promoção, um blog post ou qualquer outra coisa? Isso levaria muito tempo e não é nem um pouco eficiente.

Automação de Marketing como solução para esse impasse

Na prática, automatizar o marketing serve para enviar conteúdos que realmente interessam aos destinatários, sem precisar de esforço manual sempre que mandar algo. Mas não para por aí, pois não basta apenas agrupar um material e enviar. É necessário produzir conteúdos elaborados para cada persona, de acordo com o estágio do funil de vendas em que ela se encontra.

Alguém que acessa o seu site pela primeira vez e não está muito certo quanto ao que precisa para solucionar seu problema, não vai receber o mesmo conteúdo de quem já sabe como seu produto ou serviço funcionam.

No primeiro caso, o material enviado ao lead deve ser algo mais introdutório, ou de topo de funil, como é conhecido em Marketing, para que seja criado uma necessidade pelo que você oferece. Já no segundo, é possível dialogar mais profundamente com o interessado e mostrar as características do seu produto/serviço e os diferenciais da empresa, uma vez que ele já está por dentro dos benefícios da sua solução, cabendo apenas escolher o melhor pra ele.

Ainda no exemplo da loja de eletrônicos, alguém que chega até ela buscando por celular ou smartphone, provavelmente ainda não tem muita noção das diferenças entre cada modelo, portanto, é preciso nutri-lo com conteúdo. Algo do tipo: Qual é o melhor smartphone para você? Quais são os smartphones com melhor custo-benefício?

E, assim por diante, aprofundamos os conteúdos a medida em que ele se interessa. A ideia é fazer com que ele compreenda o seu problema e, consequentemente, tome a melhor decisão para solucioná-lo. Nas etapa final, onde ele já sabe do que precisa, cabe enviar as vantagens de comprar com a loja (descontos, garantia, frete grátis etc), promoções e os produtos em si, até que um seja escolhido.

O envio desses conteúdos é completamente automático!

Conclusão

A Automação de Marketing é um projeto que envolve toda uma preparação prévia, e objetiva aumentar as vendas através da nutrição dos leads gerados pelo site da companhia, de forma automatizada e assertiva, reduzindo consideravelmente o esforço manual. Para funcionar bem, a equipe responsável por essa tarefa deve receber um briefing de qualidade e possuir conhecimentos nas ferramentas de automação.

Dentre suas vantagens, destaca-se redução do tempo gasto com processos manuais relacionados a disparos de e-mail e afins, aumento nas oportunidades de venda e diminuição no custo de aquisição por cliente.

Quer saber mais? Entre em contato e fale com especialistas!



Share article on

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *